Modulação Hormonal Dr. Vitor Azzini

Suplementos na Dieta Vegana

ALERTA: estou apenas apresentando informações relevantes aos veganos..
Um estudo publicado pela revista Nutrition, em fevereiro de 2012, observou que pessoas que ingeriam uma dieta estritamente vegana poderiam evoluir com desnutrição protêica, elevação do marcador homocisteína e maior risco de aterogênese.
vegan 6
Eliminando alimentos de origem animal tembém aumenta o risco de deficiência de cerca diversos nutrientes.
Vou listar aqui os principais elementos que devem ser levados em consideração, ao adotar uma dieta vegana.
VITAMINA B12: pode gerar fraqueza, fadiga, redução da função cerebral e anemia. Doença de Alzheimer e cardíaca também estão associados a deficiência de vitamina B12. Um a cada quatro norte americanos tem deficiência dessa vitamina. A melhor forma de suplementar é através de gotas sublinguais! Para veganos, a alga marinha Nori é uma excelente opção.
CREATINA: otimiza a energia muscular, suporte neurológico central e otimiza a saúde cerebral.
vegan5
CARNOSINA: dipeptídeo que é um potente antioxidante, se encontra em maiores concentrações no cérebro e musculatura. Se você é um vegano estrito terá dificuldade em ganhar massa muscular por conta, principalmente da carnosina, que estará em níveis mais baixos nos músculos.
VITAMINA D3: pró hormônio esteroidal (isso mesmo!), que irá aumentar através da exposição solar e certos alimentos de origem animal como gema de ovo, carne e gordura de peixe. Sua deficiência pode causar depressão, baixa imunidade e problemas hormonais.
OMEGA 3 DHA: o DHA é um triglicerídeo essencial omega 3, que é encontrado em peixes de águas geladas. Fundamental para a saúde cerebral, cardíaca e deve ser suplementado em todas as grávidas. No corpo, o DHA pode ser produzido através do ácido alfa linolêio (ALA), presente em óleo de LINHAÇA. Porém, em óleos vegetais, o ALA tem uma pobre conversão em DHA, tornando os veganos potencialmente deficientes em DHA.
vegan 4
FERRO-HEME: ferro pode ser encontrado tanto em alimentos de origem vegetal como animal. Mas o problema é que o ferro-heme só está presente em alimentos de origem animal, principalmente carne vermelha. E o ferro-heme (animal) ajuda na absorção do ferro não heme (vegetal). O ferro não heme sozinho tem pobre absoroção. Por isso, veganos tem maior chance de desenvolver anemia, queda de cabelo e hipotireoidismo – o receptor do hormônio T3 é ferro dependente.
TAURINA:  outro importante componente que participa na saúde cerebral e cardíaca, importante pra função muscular, formação de bile e potente antioxidante. Tem efeitos relaxantes para o organismo. É encontrado em frutos do mar, carne vermelha e laticínios.
Veja, então porque se faz necessário avaliar a necessidade ou não de suplementar com estes nutrientes. Não se esqueça q saúde não é ausência de doença, e na dieta vegana isso não é diferente.

Sobre o autor | Website